SÓ ATÉ HOJE: Inscrições para o concurso do IBGE se encerram nesta quarta (29)

  São duas seleções distribuídas em quatro editais. Confira todos os detalhes aqui:


A Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE) está com inscrições abertas para atuação no Censo Demográfico 2022! São 208.703 vagas para os cargos de recenseador, agente censitário supervisor, agente censitário municipal, agente censitário de administração e informática e coordenador censitário de área. 
 
As oportunidades estão distribuídas em duas seleções e quatro editais. Os processos seletivos são organizados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). As remunerações são de até R$ 2.100 e as chances são para nível fundamental e nível médio. 
 
Recenseador
 
As chances são para contratação temporária, para preenchimento de 183.021 vagas. Para concorrer ao cargo de recenseador é necessário ter nível fundamental completo. A previsão de duração do contrato é de três meses. 
 
A remuneração do Recenseador será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo Recenseador, de unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados. 
 
Recomenda-se uma jornada de trabalho de, no mínimo, 25 horas semanais, além da participação integral no Treinamento.
 
Inscrições e etapas
 
As inscrições devem ser feitas pelo site da FGV até 29 de dezembro. A taxa de participação é de R$ 57,50. 
 
Os candidatos farão prova objetiva de língua portuguesa, matemática, ética e conhecimentos técnicos. A prova será aplicada em 27 de março de 2022 e terá duração de 4 horas.
 
50 questões de múltipla escolha
 
Língua Portuguesa (10)
Ética no Serviço Público (10)
Matemática (10)
Conhecimentos técnicos (25)
 
Após aprovado, o candidato será convocado para treinamento obrigatório. Esta fase terá duas etapas: autoinstrução e presencial.Na etapa autoinstrucional, após a divulgação do resultado final da prova, o candidato deverá realizar a  leitura prévia do Manual do Recenseador e do Manual de Entrevista, que serão disponibilizados no endereço eletrônico.
 
Atribuições
 
Dentre algumas das atribuições do cargo, estão: cumprir as orientações recebidas por meio do serviço de mensagens no seu dispositivo móvel de coleta; apresentar-se ao informante com o uniforme e o crachá de identificação fornecido pelo IBGE e o documento de identidade citado no crachá; assumir a responsabilidade pela segurança e uso adequado do equipamento eletrônico e acessórios fornecidos pelo IBGE para execução de seu trabalho; coletar, presencialmente e/ou por telefone, as informações do Censo Demográfico 2021 em todos os domicílios do setor censitário que lhe foi atribuído no âmbito da sua Área de Trabalho, registrando-as no dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas e dentro do prazo para comparecer ao Posto de Coleta, conforme determinação do Agente Censitário Municipal ou do Agente Censitário Supervisor; manter o sigilo dos dados emitidos pelo informante; consultar relatórios diversos de acompanhamento de coleta no dispositivo móvel e sanar as eventuais pendências apontadas; zelar pelo bom uso de todos os materiais e equipamentos recebidos; devolver, ao fim do contrato, todos os materiais recebidos e outros.
 
Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor
 
Para o cargo de agente municipal, a remuneração é de R$ 2.100, para 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Já para agentes supervisores, o salário é de R$ 1.700, para a mesma carga horária. O contratado também terá auxílio-alimentação, auxílio-transporte e auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.
 
São 18.420 vagas para agente censitário supervisor e 5.450 vagas para agente censitário municipal. Os cargos exigem nível médio completo. 
 
A contratação de agentes terá duração de cinco meses. Os contratos poderão ser prorrogados com base nas necessidades do instituto.
 
Inscrições e etapas
 
As inscrições ficarão disponíveis no site da FGV até às 16h do dia 29 de dezembro, com taxa de inscrição no valor de R$ 60,50. 
 
Para estes cargos, haverá prova objetiva de língua portuguesa, raciocínio lógico, ética, noções de administração e conhecimentos técnicos. A prova objetiva terá a duração de 4 horas e será aplicada em 27 de março. 
 
60 questões de múltipla escolha
 
Língua Portuguesa (10)
Raciocínio Lógico Quantitativo (10)
Ética no Serviço Público (5)
Noções de Administração/Situações Gerenciais (15)
Conhecimentos técnicos (20)
 
Atribuições
 
Agente censitário municipal 
 
Acompanhar as atividades da coleta de dados, garantindo a perfeita cobertura da área territorial, o cumprimento dos prazos e a qualidade das informações coletadas; acompanhar o Agente Censitário Supervisor no início da coleta da pesquisa urbanística do entorno de domicílios para obter o conhecimento prático; acompanhar sistematicamente o andamento da coleta de dados nas áreas de atuação de cada Agente Censitário Supervisor, por meio dos relatórios dos Sistemas Gerenciais, e adotar as providências cabíveis, com vistas ao bom andamento dos trabalhos, à total cobertura da área territorial, ao cumprimento dos prazos e à qualidade; equipar, administrar, organizar e zelar pelo Posto de Coleta, adotando providências para garantir seu adequado funcionamento; adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento de Recenseadores; acompanhar o registro de frequência dos Agentes Censitários Supervisores (ACS) e operar o sistema administrativo existente no Posto de Coleta; coordenar as atividades censitárias sob sua responsabilidade, orientando os trabalhos das equipes de campo de sua área de atuação, obedecendo às instruções técnicas, operacionais, administrativas e de informática estabelecidas nos manuais e nas normas vigentes; coordenar as reuniões de preparação e execução do censo e outros.
 
Agente censitário supervisor
 
Acompanhar os recenseadores em campo para esclarecimento de dúvidas quanto à identificação dos limites dos setores censitários e percursos, visando à cobertura correta de suas áreas de trabalho; monitorar a produtividade dos Recenseadores; adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento de Recenseadores; auxiliar os Recenseadores na solução dos casos de recusa ou resistência de informantes em atendê-los; colaborar na organização e na administração do Posto de Coleta; planejar, organizar, supervisionar e avaliar a execução da coleta de dados realizada pelos Recenseadores, fazendo uso dos sistemas disponibilizados e de visitas em campo, quando necessárias, para garantir a cobertura da área territorial; dirigir veículo oficial ou locado pela Instituição, caso possua habilitação; elaborar e transcrever textos e/ou planilhas em dispositivos eletrônicos; fazer registros administrativos e de controle da coleta de dados e outros.
 
Agente Censitário de Administração e Informática e Coordenador
 
Os editais oferecem 1.781 vagas para o cargo de agente censitário de administração e informática e 31 vagas para coordenador censitário de área. Coordenadores farão jus a ganhos de R$ 3.677,27, enquanto agentes terão ganhos de R$ 1.700. Os profissionais dos cargos também terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escolar, férias e 13º salário.
 
Aos coordenadores, o contrato terá duração inicial de sete meses, passível de prorrogação. Já para os agentes, a contratação será de cinco meses, podendo ser prorrogada também. 
 
Para ser agente, é necessário apenas escolaridade média. Os coordenadores, além do mesmo nível de ensino, precisam ter carteira de habilitação no mínimo na categoria B. 
 
Inscrições e etapas
 
O período de inscrições ficará disponível até às 23h59 de 10 de janeiro. As inscrições devem ser efetuadas pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). A taxa de participação foi fixada em R$ 66 para coordenador e R$ 44 para agente. 
 
As provas serão aplicadas em 20 de fevereiro de 2022, com 4 horas de duração. 
 
Atribuições
 
Coordenador
 
De acordo com o IBGE, cabe ao coordenador censitário de área responder por questões técnicas, administrativas e operacionais, conforme orientações institucionais e de seu superior do quadro de pessoal efetivo do IBGE; acompanhar os trabalhos das equipes das coordenações nacionais e estaduais de supervisão e implementar as orientações recebidas; e adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento das funções de Coordenador Censitário de Subárea.
 
Agente censitário de administração e informática 
 
Já o papel do agente censitário de administração e informática é adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento de Recenseadores; colaborar na organização e na administração dos Postos de Coleta de sua Coordenação de Subárea; auxiliar a Coordenação Estadual de Informática no preparo, instalação e configuração de equipamentos de informática, pontos de rede (dados e voz) hardwares e softwares nos Postos de Coleta e Subárea; entre outros. 


Correio Web

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem