Policiais do NIIF e BPFron transportam para o Brasil motocicleta oriunda de latrocínio


O veículo que motivou criminosos a praticarem o latrocínio contra o militar Carlos Cabixi Wajuru, de 24 anos, foi recuperado na Bolívia e atravessado para solo Brasil na tarde desta terça-feira, 30, por equipe de policiais do Núcleo Integrado de Inteligência de Fronteira (NIIF) e Núcleo de Inteligência do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), componentes da Operação Hórus.


Durante investigações do desaparecimento do militar, os policiais informaram sobre a localização da motocicleta a Polícia Boliviana, ao setor da DIPROVE (Direccion de Investigacion y Prevencion de Robos de Vehiculos), em Guayaramerín – Beni/Bolívia. A equipe da Bolívia, em diligências conseguiu localizar o veículo com a chave de ignição. A motocicleta foi encaminhada para a sede da Polícia Boliviana naquela cidade, durante a manhã de terça-feira os policiais seguiram para a cidade boliviana e após os trâmites legais trouxeram em uma voadeira a motocicleta que pertencia a Carlos.




O veículo foi encaminhado para o pátio da Delegacia de Polícia, onde após perícia o veículo será restituído aos familiares da vítima. Esta é a décima segunda vez que policiais do NIIF conduzem para solo brasileiro veículos recuperados na Bolívia.



Os policiais do NIIF e do Sevic (Serviço de Vigilância, Investigação e Captura), com apoio das forças policiais da fronteira investigaram e conseguiram desvendar os autores e envolvidos no latrocínio de Carlos Cabixi. O ex-militar e amigo da vítima, Genildo Peres Nunes, praticou o crime com ajuda de Rodrigo Figueira Nunes.




omamoré

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem