PF desencadeia a Operação Intervenção e cumpre 28 mandados de prisão em Rondônia, Maranhão e Pará

 





Na manhã desta quinta-feira (11), a Polícia Federal deflagrou a Operação Intervenção contra o tráfico de drogas interestadual. No total, estão sendo cumpridos 28 mandados de prisão preventiva em cinco cidades dos estados de Rondônia, Pará e Maranhão. Os mandados estão sendo cumpridos em Guajará-Mirim, Porto Velho, Paço de Lumiar (MA), São José de Ribamar (MA) e Parauapebas (PA).

De acordo com a PF, a ação tem como objetivo desarticular um esquema criminoso de envio de carregamento de drogas de Rondônia para o Maranhão, através do uso de veículos utilitários, caminhões e ônibus. A última carga do grupo foi apreendida na quarta-feira (10), quando policiais federais, em acompanhamento a dois dos integrantes da associação criminosa, conseguiram apreender mais de 188 kg de cocaína sendo transportados em um caminhão boiadeiro vindo da cidade de Guajará-Mirim, com destino a Porto Velho.

As investigações iniciaram em março deste ano, quando integrantes do grupo criminoso, que é sediado em Porto Velho, tentavam trocar um caminhão por droga, na cidade de Guajará-Mirim. O grupo porto-velhense adquiria a droga em Guajará Mirim e enviava para a grande São Luís (MA). O entorpecente era enviado para o Maranhão, por rodovias federais, especialmente a BR-364 e BR-230 (Transamazônica).

Durante a operação, outras três remessas de cocaína, pesando 120 kg, foram apreendidas nas cidades de Ji-Paraná e Porto Velho. No total, aproximadamente 310 kg cocaína do grupo criminoso foram apreendidos. O dinheiro da droga era recebido de forma dissimulada em contas bancárias de empresas de fachada e de pessoas próximas aos traficantes, o que caracteriza o crime de lavagem de dinheiro.

Os presos, após serem ouvidos pela Polícia Federal, serão encaminhados para o sistema prisional, onde responderão pelos crimes de tráfico interestadual de drogas, associação ao tráfico, bem como lavagem de dinheiro cujas penas somadas podem chegar a mais de 40 anos de prisão.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem