Boi Malhadinho encerra a última noite de Duelo na Fronteira Virtual em Guajará-Mirim, RO

Foram dois dias de festa na pérola do Mamoré que ficou nas cores azul e vermelho.

Boi Malhadinho em apresentação no Duelo na Fronteira Virtual em Guajará-Mirim (RO) – Foto: R. Machado


A nação azul e branca encerrou ao vivo pelo Youtube o Duelo na Fronteira Virtual, na noite do último sábado (7) em Guajará-Mirim (RO). Foram dois dias de festa na pérola do Mamoré, que ficou nas cores azul e vermelho.

O boi Malhadinho iniciou com o clamor do indígena Antônio Oroca Múra. Vestido com roupas típicas dos povos da Amazônia fez o ritual mura.

“Sou da terra, sou da floresta, sou da Amazônia. Acima de tudo sou planeta terra. Aqui estou com vocês, também sou cidadão brasileiro. Em minhas veias corre o sangue ancestral onde minha identidade e pertencimento resiste e existe”, exclamou.

O Boi Bumba Malhadinho apresentou-se na improvisada arena de bumbás. Manteve a tradição azul e branca e animou a noite guajaramirense.

Em seguida, Sandro Brito, apresentador, conduziu o espetáculo de rara beleza cênica. Convidou a entrar na arena o levantador de toadas Jaime paixão. Ao som da Marujada de Guerra entoou a primeira toada.

“Sou índio, resistência e sou filho da terra. Nossa missão nessa vida é preservar”, cantou.

Nas coreografias de André Uchoa. Dançarinos expressaram através do corpo e pinturas a cultura local.

Houve surpresa atrás da outra com a entrada dos itens do Bumba Azul: Babi Monteiro, a embaixadora da Cultura, Maria Clara, como Rainha da Marujada, com dança leve, expressou felicidade.

A porta estandarte, ex cunhã poranga, Eriane Santos, brincou de boi com belíssima exibição de charme e beleza.

O Amo do Boi, Anderson Mercado, defendeu o item improvisando versos.

O mais esperado da noite entrou na arena fazendo a torcida gritar e encher a caixa de comentários da plataforma que transmitiu o festival. O dono da festa, o boi Malhadinho dançou e evoluiu com versos: “Vai balançar, vai encantar. É o Malhadinho na evolução”

A última noite terminou com a música Explosão de Energia e com a música Azul é a cor do meu boi. Duas músicas que emocionam a torcida e não deixam ninguém ficar parado.




























Fonte: Diariodaamazonia


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem