MARTELADAS: Filho que matou professor da Unir é levado para Unidade de Internação

 Os familiares chegaram a dizer que o acusado teria problemas psicológicos, mas como não apresentaram nenhum laudo



O filho de 17 anos que matou o pai com vários golpes de martelo na madrugada deste sábado (16) foi encaminhado à Unidade de Internação Provisória da capital.
 
O assassinato brutal do professor da Unir, Ângelo de Oliveira, 51, aconteceu em uma residência na Rua Heitor Vila Lobos, bairro Flodoaldo Pontes Pinto, em Porto Velho (RO).
 
O adolescente esperou o pai dormir e o assassinou com golpes de martelo. A vítima teve a cabeça desfigurada e morreu na cama.

Segundo informações apuradas pelo site, horas antes Ângelo teria discutido com a ex-mulher por causa que o filho queria levar uma namorada para dormir na casa.
 
O professor não aceitava e teria discutido com a ex-mulher. O filho revoltado aguardou o pai dormir e praticou o assassinato com requintes de crueldade.
 
Quando a Polícia Militar chegou, o adolescente foi detido e levado à Central de Flagrantes. 
 
Os familiares chegaram a dizer que o acusado teria problemas psicológicos, mas como não apresentaram nenhum laudo médico, ele foi transferido para a Unidade de Internação. 
 
Um inquérito policial será instaurado pela Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI) para investigar o caso.


rondoniaovivo

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem