Policiais Militares participam da 5ª Edição do Curso de Unidades Especializadas de Fronteira

 Visando aperfeiçoar o conhecimento dos profissionais de Segurança Pública no combate ao tráfico de drogas, armas, produtos de contrabando e outros.




Na manhã de terça-feira (14), no auditório do Campus da Universidade Federal de Rondônia–Unir em Guajará-Mirim, teve início o Curso de Unidades Especializadas de Fronteira com a participação de agentes da segurança pública dos Estados do Amapá, Roraima, Mato Grosso, Goiás e Rondônia. A aula inaugural contou com a presença do coronel PM José Hélio Cysneiros Pachá – Secretário de Segurança, Defesa e Cidadania, do tenente coronel PM Carlos Alberto Gomes de Souza Júnior – representando o Comandante Geral da Polícia Militar de Rondônia, do coronel BM Lindoval Rodrigues Leal – subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia, delegado Samir Fouad Abboud – Delegado Geral da Polícia Civil, coronel PM Veterano Flávio Derzete da Mota – Secretário Executivo Regional da Casa Civil e da major PM Michelly da Silva Mendes – Comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar-6º BPM, que também se faz presente como aluna participante do Curso.








A 5ª Edição do Curso de Unidades Especializadas de Fronteira é proposto pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública – SEOPI/MJSP, com a malha curricular que contribui para aperfeiçoar o conhecimento dos profissionais de Segurança Pública no combate ao tráfico de drogas e armas, produtos de contrabando e descaminho, além da repressão à saída de veículos furtados e/ou roubados, aos crimes de evasão de divisas e ato tráfico de pessoas, animais silvestres e biopirataria, dentre outros, tendo por finalidade melhorar a segurança pública e garantir a presença permanente das instituições policiais e de fiscalização na região de fronteira, buscando a prevenção e repressão de delitos transfronteiriços, por meio de ações integradas dos diversos órgãos federais, estaduais e municipais.




O Curso tem por objetivo capacitar os profissionais de segurança pública para aturarem como operadores de fronteira, buscando fortalecer a prevenção e a repressão dos delitos transfronteiriços praticados nos Estados de Rondônia, Amapá, Goiás, Mato Grosso e Roraima.




“Buscar o conhecimento, adquirir know-how, estar capacitada para agir diante das ocorrências fronteiriças que, por si só, apresentam características e especificidades únicas das regiões de fronteira é uma necessidade de todo profissional da área de segurança pública que atuam nessas regiões”, afirmou a Major PM Mendes, comandante do 6º BPM.

Fonte: Assessoria PM

Post a Comment

أحدث أقدم