NIIF com apoio da Polícia Boliviana recupera motocicleta roubada em Guajará-Mirim e ainda prendem os dois assaltantes

 A parceria com a Polícia Boliviana e NIIF resultou na devolução de mais um veículo e dessa vez com a prisão de dois suspeitos.


O assalto praticado por dois rapazes ocorreu por volta de 10h45min desta segunda-feira, 02, quando o jovem de 26 anos, proprietário da motocicleta modelo Biz, de cor vermelha, parou o veículo em frente a uma residência localizada a Avenida Pimenta Bueno, bairro Tamandaré, município de Guajará-Mirim/RO. O Núcleo Integrado de Inteligência de Fronteira (NIIF) em parceria com a Polícia Nacional Boliviana, em Guayaramerín-Beni, conseguiram prender os assaltantes e ainda recuperar o veículo da vítima. 


O momento que o criminoso com a arma na mão anunciou o assalto quando a vítima descia da motocicleta. Ambos trajando agassalhos


Por volta de 11h30min a informação do assalto chegou aos agentes do NIIF, em diligências descobriram que o veículo roubado e os dois acusados de praticarem o assalto teriam usado um porto clandestino na Estrada do Matadouro para cruzar para a cidade de Guayaramerín. Os policiais dispondo da excelente parceria com a Polícia Boliviana, entraram em contatado com as autoridades daquele país, a equipe da Direção de Investigação e Prevenção ao Roubo de Veículos (Diprove) em diligências conseguiu localizar os brasileiros Evandro Barbosa da Costa, de 25 anos e Igor Souza Félix, de 19 anos, chegando na zona urbana de Guayaramerín, receberam voz de prisão e apreendida a motocicleta usada pela dupla, Biz de cor vermelha, a dupla usava as mesmas vestimentas durante o crime, conforme imagens captadas por uma câmera de segurança. O veículo também foi apreendido e todos conduzidos as dependências da Polícia Boliviana, que após os trâmites deportaram os moradores de Guajará-Mirim e juntamente com a motocicleta roubada entregaram no porto do Senag aos policiais do NIIF.


Policiais chegando as margens do rio Mamoré conduzindo o veículo e a dupla


A reportagem do site acompanhou a deportação da dupla e o trabalhos dos policiais. Evandro confessou o assalto, como também delatou que a arma usada no assalto foi alugada de um homem de nacionalidade boliviana e foi devolvida ao mesmo antes da travessia para a Bolívia. A motocicleta estava sem placa, pois segundo o acusado foi retirada quando atravessavam o rio Mamoré, a chave de ignição, alarme e documentos do veículo foram entregues pelas autoridades boliviana.


Algumas horas depois o veículo retornando para solo brasileiro


O veículo e os acusados foram apresentados a Polícia Judiciária, onde foram autuados em flagrante pelo assalto e com agravante de remessa do veículo ao país vizinho. O bem será restituído a vítima.





Fonte: omamoré

3 Comentários

  1. Se fosse de alguém que não tenha parente na policia estava chorando até agora

    ResponderExcluir
  2. Triste como alguns veículos são recuperados e outros esquecidos, grave situação na fronteira

    ResponderExcluir
  3. Quero parabenizar o trabalho da Polícia, que vem trabalhando sem medir esforços pra combater crime organizado na fronteira. em um momento de revolta com a atual situacao do município me expressei da maneira errado peço desculpas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem