CASAL DO TRÁFICO É PRESO PELA SEVIC E NI COMERCIALIZANDO DROGAS EM GUAJARA-MIRIM-RO.

 


Após mais de 24 horas vigiando a movimentação e a comercialização de drogas em uma residência localizada a Avenida Mascarenhas de Moraes, 2776, bairro Santa Luzia, município de Guajará-Mirim/RO, policiais civis do Sevic (Serviço de Vigilância, Investigação e Captura) e policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira, equipe do Núcleo Inteligência (N.I.), prendeu o casal acusado.

 


Os policiais passaram uma semana investigando a comercialização, no sábado, 10, de campana a residência, apreenderam diversas porções de maconha e identificaram alguns “clientes” que adquiriam substância entorpecente, inclusive a dinâmica como entregavam as porções, onde os “clientes” tinham acesso livre tendo as portas abertas da casa. Os policiais observaram também que o casal Weuller Acácio Ferreira, de 27 anos, e Gilvânia Emely Gomes Dias, de 21 anos, em redes sociais restritas a uma pequena sociedade de traficantes, o casal publicava seus “produtos” (maconha) com imagens de entorpecentes sendo embalados e prontos para a venda. De acordo com informações, a porção de maconha era vendida a R$ 10,00, o lucro do casal era bastante, fomentando crime em dependentes químicos que roubavam e furtavam para manter seu vício. Weuller também é investigado por facilitar o translado de veículos roubados para a Bolívia, por meio de diversos portos clandestinos, ele também tem contato com diversos receptadores bolivianos, facilitando a venda dos bens. O casal foi preso em flagrante, foram encontradas 46 porções iguais as apreendidas com usuários, estavam em um porta óculos, apetrechos para a confecção das porções foram também apreendidos, como três aparelhos celulares, sendo um usado por Weuller, o outro pela sua esposa Emelly e um aparelho Samsung A30, deixado por “Curujinha” Edmilson Ortiz Arriates, 24 anos, preso na madrugada de sábado, 10, com uma arma de fogo e apontado como autor de um assalto ocorrido horas antes a sua prisão (https://www.omamore.com/2021/07/policiais-do-6-bpm-apreende-mais-uma.html).

 


Foi também apreendida a quantia de R$ 580, 00 em cédulas fracionadas de R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100, a maioria eram cédulas de R$ 10, 00, valor da porção vendida pelo casal.

 O homem confessou a prática do tráfico internacional da ‘maconha clip’, tendo o auxílio de sua esposa que preparavam cada porção com 1g de maconha. O casal foi autuado em flagrante por tráfico e associação para o tráfico. Ele foi entregue no presídio masculino e ela no presídio feminino.

Os aparelhos celulares do casal serão periciados e as conversas em redes sociais. De acordo com a Polícia, o aparelho A30 deixado por “Curujinha” há forte suspeita de ser roubado, ele tem tampa traseira na cor azul, parte baixa da tampa, traseira, corroída. A vítima deve procurar o setor do Sevic para reconhecer seu bem e comprovar.

Fonte: OMamore

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem