Assessoras de Deputado Estadual e Filhas de Vereadores são denunciadas ao MP por receberem da Assembléia Legislativa e estudarem na Bolívia.

O Portal Guajará obteve com exclusividade informações que na manhã de hoje (15/01) foi protocolada junto ao Ministério Público de Guajará-Mirim um pedido para apurar e investigar, duas jovens Assessoras que trabalham na Assembléia Legislativa de Rondônia –ALE/RO, lotadas no gabinete do Deputado Estadual Neidson Soares do PMN, sobre a acusação das mesmas estarem recebendo salário de pouco mais de R$ 1.800,(mil e oitocentos reais) cada sem estarem cumprindo jornada de 40h semanais de trabalho, segundo aponta a denúncia as jovens supostamente são filhas dos vereadores, Raimundo Barroso do PMN e Roberto do Mercado do PMN ambas estão matriculadas no curso preparatório denominado propedêutico na cidade vizinha Guayaramerin/BO e segundo a denúncia o curso é de tempo integral sendo impossível as mesmas  cumprirem a jornada de trabalho.

O que causa de certa forma estranheza na população que os vereadores que deveriam zelar e investigar boas condutas são os primeiros a cometerem de certa forma de irregularidades. Outro vereador que indicou o filho para ser assessor outro vereador indicou o filho para assessor, , porém, a denúncia não menciona o mesmo, mais fica aqui a observação analisada por nossa equipe de jornalismo.

O MP deverá abrir um processo para investigar a denúncia, caso comprove o Deputado Neidson  poderá ter problemas judiciais, pois, tal medida caracteriza é ato ilegal. Vale Ressaltar que pouco menos de um mês outro incidente ligado o deputado Neidson virou manchete em todo estado, aonde o assessor do mesmo veio a ser preso em flagrante com pouco mais de 30Kg de drogas.

Sub entende, que vereadores estão loteando cargos em troca de apoio ao Deputado Estadual Neidson que busca apoio para sua reeleição, coisa que não caracteriza crime no brasil, todavia, gera revolta na população uma vez que na campanha os mesmos pregavam moralidade e comprometimento com o povo Guajaramirense.

O site Portalguajara.com, tentou entrar em contato com Deputado Neidson para obter informações, porém, até o fechamento dessa matéria não obteve sucesso.

 

 

Fonte: Portal Guajara