Reunião sobre os Uber no município de Guajará-Mirim, acontece na Câmara Municipal

Na manhã desta quinta-feira (20), ocorreu na Câmara Municipal de Guajará-Mirim, uma reunião com autoridades do município juntamente com os motos taxistas e taxistas.

Na reunião, foi deliberado sobre a situação do transporte de passageiros do município por aplicativo e principalmente sobre os condutores de veículos clandestinos (piratas) que estão fazendo corridas irregulares no município.

Vários questionamentos foram abordados na reunião, entre eles, foi alegado ao Secretario de Fazenda da Municipal Senhor Roosevelt de Oliveira Cavalcante que perto da Rodoviária Municipal de Guajará-Mirim, “alguns condutores de veículos clandestinos estão ficando parados, abordando passageiros a preço baixo, desvalorizando o serviço dos taxistas e moto taxistas”.

Opinião

O presidente da associação dos taxistas da rodoviária da capital Porto Velho, Senhor Eduardo de Castro, conversou com a reportagem do Portal Guajará e explicou que a categoria vem sendo prejudicada, tendo em vista como a Lei nº 12.468, que regulamenta profissão de taxista e estipula uma série de deveres e requisitos para o condutor. Já os veículos piratas não possuem essas exigências, vindo a fazerem corridas com baixos valores sem segurança ao usuário e esteve cobrando dos responsáveis uma fiscalização que possa coibir essa situação.

O secretário da Fazenda Roosevelt de Oliveira Cavalcante, conversou com nossa equipe do site e nos informou que a empresa do aplicativo de transporte instalada no município de Guajará-Mirim já foi notificada e estará tendo uma reunião com os representantes da empresa para que possa está vindo adotar as medidas necessárias dentro da lei para a regulamentação da empresa, onde o município passará a arrecadar impostos para a melhoria do município e informou também que estará colocando fiscais para autuar condutores  que estejam fazendo esse tipo de serviço irregular de transporte no município.

Fonte: Portal Guajará.

Colaborador: Rafael Guilherme