VÍDEO: POLICIA CIVIL E UNESFRON: Dois elemento são presos na BR 425 com armas, munições, droga e dinheiro.

Operação Policial comandada pelo Delegado Regional de Policia Civil Dr. Milton Santana da Silva, composta de Policiais Civis ( SEVIC, Divisão de Homicídios da 1a Delegacia de Policia Civil de Guajará-Mirim e Policiais Especializados da Unesfron) em barreira policial na BR 425,  abordaram o veículo Uber Chevrolet Classic LS, cor prata,  sendo que nas revistas pessoais em Gedean Pereira Braga, 22 anos, morador de Porto Velho, foi encontrado em seu bolso 15 (quinze) munições 9 mm intactas, uma pedra de substância aparentando ser droga e a quantia de R$ 1.186,00 (mil cento e oitenta e seis reais)e  em Wesdlen Chagas da Silva, 20 anos, morador do Distrito do Araras, fora encontrado, a quantia de R$ 4.057,00 (quatro mil e cinqüenta e sete reais).

Delegado fala a reportagem do Portal Guajará.

Na revista ao veículo, embaixo do banco no passageiro, foi encontrado uma arma Pistola Calibre 9mm,  Fabricação Argentina com um carregador e embaixo do assento do banco traseiro, lado esquerdo, outra pedra de substância aparentando ser droga.

Aos Policiais Gedean confessou que estava portando a  arma de fogo no momento da abordagem, escondendo-a embaixo do banco do passageiro no momento que ia se revistado pelos Policiais.

Wesdlen confessou ser o dono da droga que estava escondida embaixo do assento do banco traseiro. Segundo Gedean a arma fora adquirida de um elemento desconhecido, de aparência boliviana pelo valor R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais).

Foram apreendidos ainda: 04 (quatro) aparelhos celulares pertencente a Gedean, sendo 01 (um) marca LG MP3, COR PRETA, 01 (UM) SAMSUNG J5 PRO, 01 (UM) LG K10 DE COR PRETA E 01 (UM) SAMSUNG J7 PRIME COR BRANCA e 01 (UM) aparelho celular K10, DE COR PRETA, pertencente a WESDLEN. O veiculo Uber foi liberado. Gedean,  fazia uso de tornozeleira eletrônica, sendo que o mesmo cumpre pena no regime semi-aberto.

A reportagem do Portal Guajará, apurou que os dois elementos foram flagranteados pelo Delegado Dr. Rogério Pereira dos Santos,  por Porte Ilegal de Arma de fogo de uso restrito e munições e foram encaminhados ao Presídio Masculino de Guajará-Mirim-RO, onde ficarão a disposição da justiça. Os dois elementos presos são suspeitos de cometer assalto na região e cruzar veículos roubados para a Bolívia.

Fonte: Portal Guajará/Flaviano Sales