POLICIA AMBIENTAL FLAGRA CRIME AMBIENTAL NA BR 425

Na tarde desta sexta-feira (11)  uma guarnição de Policiamento Ambiental em deslocamento para o Município de Nova Mamoré, quando nas proximidades da Base Cristal, localizada no KM 25 da BR 425 (Engenheiro Isaac Benesby), observaram dois veículos transitando em sentido contrário conduzindo “Petrechos” próprios para pesca.

Logo foi solicitado que a Guarnição do PATAMO/6º BPM/FRON que estava em fiscalização na Base Cristal abordassem os veículos da marca ford pampa e modelo Fiesta.

Os Policiais indagaram ao condutor do veiculo se portava a guia de transporte de pescado, o mesmo respondeu que não tinha, e afirmou ser pescador profissional e todos tinham ido pescar no leito do rio madeira e estavam acampados na localidade conhecida por Igarapé do Rio Madeira.

No reboque do veiculo fiesta estavam acondicionados dois isopores com peixes, totalizando 53,73 kg, um isopor com gelo, 07 malhadeiras medindo 70 metros cada, cinco malhadeiras medindo 35 metros, 05 malhadeiras medindo 35 metros cada

 

O condutor do veiculo pampa afirmou ser pescador profissional, porem apresentou uma carteira com validade vencida em 28/05/2011, e disse que ainda não recebeu a nova carteira, na carroceria do pampa foram localizados 04 Malhadeiras medido 70 metros cada; 01 Malhadeira medindo 50 metros,  uma grozeira de 40 metros e acondicionados em uma geleira tipo freezer 5 quilos de pescados. Os dois homens receberam voz de prisão por infringir lei federal (Artigo  34, III DA Lei Federal 9.605/98 (TRANSPORTE IRREGULAR DE PESCADO).

A reportagem do Portal Guajará, apurou que os dois homens foram conduzidos para a Delegacia de Policia Civil onde foram apresentados a Delegada de Plantão onde foram flagranteados por cometeram crime ambiental, mas pagaram fiança e responderão o processo em liberdade. As malhadeiras foram apreendidas e os peixes foram doados para uma instituição social do município.

 

Fonte: Portal Guajará.