IPTU terá reajuste de 8,39% em Guajará-Mirim

Segundo a Secretaria de Fazenda, o reajuste está de acordo com a Unidade de Padrão Fiscal de Rondônia. Fazenda prevê arrecadação de R$ 2.121.773,00.

A Secretaria de Fazenda fez um reajuste de aproximadamente 8% no valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2019, em Guajará-Mirim (RO), cidade distante a pouco mais de 330 quilômetros de Porto Velho. O valor cobrado no tributo está de acordo com a Unidade de Padrão Fiscal (UPF), que é utilizada pelo estado.

De acordo com Roosevelt Cavalcante, secretário de Fazenda, a correção feita no valor do IPTU é de 8,39%. Esse valor é definido de acordo com a UPF do Estado de Rondônia. Antes o contribuinte pagava em média R$ 65,21, com a correção o contribuinte passa a pagar R$ 70,68.

Na zona urbana de Guajará-Mirim, cerca de 12.591 imoveis estão cadastrados na Secretaria de Fazenda. No ano passado era previsto uma arrecadação de R$ 1.900.785,19, no entanto a Fazenda arrecadou apenas 31% desse valor.

De acordo com a Secretaria de Fazenda, muitos moradores realizaram reformas e ampliações nas residências e não fizeram a atualização no cadastro, por conta disso a prefeitura fez a atualização desses imoveis via satélite. Com o reajuste de 8,39% no IPTU, a Fazenda prevê uma arrecadação de cerca de R$ 2.121.773,00.

Ainda de acordo com Roosevelt Cavalcante, o morador que não estiver de acordo com o valor do IPTU, deve ir à Prefeitura Municipal solicitar a visita de um fiscal para realizar uma análise no imóvel.

Fonte: G1/RO/FABIANO DO CARMO