FAB está com inscrições para concurso com mais de 200 vagas – chances para Homens e Mulheres

A seleção é para formação de sargentos, tendo chances para homens e mulheres

Aeronáutica abriu o período de inscrições do novo concurso público que oferta 227 vagas para candidatos de nível médio. As oportunidades são para ingresso no exame de admissão ao curso de formação de sargentos para o primeiro semestre de 2020. Do total de vagas, 134 são para ambos os sexos e o restante apenas para homens. O edital reserva 20% das vagas a candidatos negros.

O concurso oferta chances para as áreas de mecânica de aeronaves, material bélico, guarda e segurança, equipamento de vôo e controle de tráfego aéreo. Atualmente o soldo do posto é R$ 3.825, de acordo com a tabela de remuneração da FAB. 

Inscrições

As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até 19 de março, pelo site da escola. A taxa é de R$ 60 e o último dia para pagamento da taxa é 26 de março.

Seleção

A seleção será realizada por provas escritas de língua portuguesa, língua inglesa, matemática e física, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico e validação documental. 

As provas escritas serão aplicadas em 2 de junho, com fechamento dos portões às 9h. Os testes serão aplicados em Brasília/DF, Belém/PA, Recife/PE, Natal/RN, Rio de Janeiro/RJ, Belo Horizonte/MG, São Paulo/SP, São José dos Campos/SP, Campo Grande/MS, Canoas/RS, Santa Maria/RS, Curitiba/PR, Manaus/AM, Porto Velho/RO e Boa Vista/RR. 

A inspeção de saúde e o exame de aptidão psicológica serão feitos entre 13 e 30 de agosto. Já o teste de avaliação de condicionamento físico será feito entre 22 e 25 de outubro. Haverá também entrevista informativa nos dias 18 e 19 de novembro.

Após a conclusão do curso com aproveitamento, o aluno será promovido à graduação de Terceiro-Sargento e será distribuído e classificado em alguma das Organizações Militares do Comando da Aeronáutica, localizadas em todo o território nacional, de acordo com a necessidade da administração.

Fonte: Rondoniaovivo