DE VOLTA ÀS ORIGENS por Fábio Marques

Estou de retorno ao batente após 15 dias distante do frontier. Na bagagem, afora os jornais impressos que após vistos e revistos, repassei para o amigo Caralambos Vassilakis, e as palavras cruzadas que trouxe de presente para sua genitora, apenas saudades de momentos felizes vividos no coração do Brasil ao lado de minha amada e que ficarão para sempre guardados em minhas lembranças. Guajará-Mirim, pelo que observei à primeira vista, continua muito mal cuidada e muito mal gerida. Sujeira para tudo o quanto é lado, o matagal tomando conta das calçadas, avenidas empoçadas, Hospital Regional até as “sapatas” de gente sofrendo e morrendo e a violência que aumenta a cada dia mais na antes pacata Cidade Pérola. Vamos às notícias.
##########
Como? Assessor de deputado caiu com 28 quilos de mercança? Uma notícia dessas é péssima para qualquer político, em especial, às vésperas de ano de eleições. Basta que os opositores que irão pleitear cadeiras na Assembléia e a imprensa contrária a mediana atuação deste parlamentar explorem o fato ao extremo ou mesmo pessoas sem escrúpulos inventem factóides nos whats’apps da vida. Afinal, já dizia Maquiavel, os fins justificam os meios.
##########
O problema é que não existe controle sobre as mídias sociais. Hoje qualquer um escreve aquilo que quer através de fakes anônimos. Na imprensa não, já há limites e balizas. O negócio então é o eleitor aprender a lidar com tudo aquilo que é jogado no whats’app como notícia e questionar formando sua própria opinião.
##########
Alguns políticos mais afoitos já estão lançando seus nomes ao palanque eletivo de 2018. A campanha já começou e o TRE precisa se posicionar quanto a este absurdo. Por enquanto ninguém ainda é candidato. Até porque é preciso respeitar a prancheta oficial do ano em que ocorrem as eleições.
##########
Pela agenda oficial, os partidos podem realizar encontros, simpósios e congressos para disputar o processo das eleições e debater planos de governo ou alianças visando o pleito eletivo. Mas não pode haver conotação explícita de apontar que fulano ou sicrano é candidato nestes eventos. Estas reuniões tem que ter como objetivo a projeção de idéias e propostas. E somente isso. Se os partidos não fizerem isso, infringem a lei eleitoral.
##########
Guajará-Mirim termina mais um ano em que a violência campeou com altos índices per capita, alguns causando até comoção social por conta da barbárie imposta às vítimas, expondo às claras o quanto vivemos a mercê da própria sorte e longe da proteção do Estado prevista em lei.
##########
Claro que é preciso ressaltar que o trabalho dos policiais que muitas vezes se desdobram além do que o Estado lhes dispõe, consegue mais do que poderia. Apesar da falta de estrutura e das precárias condições de trabalho, estes super-heróis estão fazendo o possível e o impossível para que os atuais índices de violência se reduzam.
##########
É de lamentar ter que assistir algumas grandes empresas atuantes na cidade, que exploram a mão de obra local pagando salários indignos, que possuem caminhões que destroem o asfalto das avenidas, que usufruem de nossos incentivos fiscais e faturam às pencas, mas que não investem nenhum centavo em anúncios na mídia de nossos melhores sites de notícias e muito menos dão alguma espécie de apoio cultural para jornalistas opinativos.

Autor: Fábio Marques